Denise Bueno
Denise Bueno

Jornalista especializada na indústria de seguros brasileira e internacional

FenaPrevi e Abrapp selam parceria inédita

Entidades administram mais de R$ 2 trilhões em recursos de terceiros 30 de Julho de 2020

Escrito por Denise Bueno

De rivais a parceiros. Depois de mais de 40 anos de existência, um movimento inédito sinalizou que de fato vivemos um novo momento no universo de produtos de acumulação de renda. No último dia 27, a Federacao Nacional de Previdencia Privada (FenaPrevi) e a Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), que juntas administram reservas superior a R$ 2 trilhões, firmaram o primeiro convênio de cooperação técnica. Quem acompanha a indústria de previdência complementar sabe que este não é um movimento trivial. 

Antes da pandemia, ter um novo posicionamento estratégico já estava na pauta da FenaPrevi, sob comando de Jorge Nasser, responsável por vida e previdência no grupo Bradesco, e da Abrapp, com apoio do Ministério da Economia. Afinal, há muito trabalho a ser feito para elevar o poder de poupança para a aposentadoria no Brasil, com patamares ainda muito baixo diante dos dez maiores PIBs do mundo.

A pandemia Covid-19 acelerou este processo e o convênio finalmente saiu do papel. A união das duas entidades visa acelerar discussões em torno da forte mudança no cenário econômico e demográfico, que afetam tanto seguradoras como fundos de pensão. A necessidade de reposicionamento estratégico das indústrias tornou-se inevitável neste sentido e a decisão das entidades foi no sentido de potencializar as agendas que são convergentes, principalmente no sentido da discussão de temas técnicos relacionados, bem como ações que ajudem a desenvolver mais a educação financeira da população, além de outros projetos para o fomento das indústrias diante da reforma da Previdência e conscientização das pessoas sobre a importância de poupar para viver a velhice.

Segundo fontes que pediram anonimato, esses são os primeiros laços de uma parceria que poderá gerar muitos frutos nos próximos anos.